A Grande Mesquita de Córdoba

A Grande Mesquita de Córdoba: Ex-Mesquita Islâmica e Catedral Católica

A Catedral Mesquita de Córdoba é uma mesquita transformada em catedral na cidade de Córdoba, Espanha. Ela é dedicada à Assunção da Virgem Maria. Segundo a história da Catedral, suas origens remontam ao ano 785, quando serviu como mesquita e era conhecida como a Mezquita ou Grande Mesquita de Córdoba, e conhecida localmente como Mezquita de Córdoba. Nos tempos modernos, a Mesquita de Córdoba ou Mesquita-Catedral de Córdoba também é conhecida como a Catedral de Nossa Senhora da Assunção, que por acaso é seu nome eclesiástico.

Grande Mesquita de Córdoba em dados

Localização: Córdoba, Espanha

Nomes alternativos: Catedral de Nossa Senhora da Assunção, Mesquita-Catedral de Córdoba, Mezquita-Catedral de Córdoba.

Nomes Islâmicos: Mezquita, Grande Mesquita de Córdoba, Mezquita de Córdoba

Nome Oficial do Patrimônio Mundial da UNESCO: Centro Histórico de Córdoba

Abertura: 987 d.C.

Denominação: Católica

Denominação Anterior: Islã

Tipo arquitetônico: Igreja, (antiga) Mesquita

Ano de origem (da Mesquita): 785

Ano de Conversão: 1236

O que é a Grande Mesquita de Córdoba ou Mezquita de Córdoba?

Sobre a Mesquita de Córdoba

A Mesquita-Catedral de Córdoba, também conhecida localmente como Mezquita de Córdoba ou Grande Mesquita de Córdoba, é uma das estruturas mais antigas da cidade de Córdoba. Ela remonta ao período em que os governantes muçulmanos ainda governavam a cidade no final do século 8. Durante este período, a estrutura foi utilizada como mesquita, mas após a captura de Córdoba pelas forças dos Cristãos em 1236, foi convertida em uma catedral com poucas alterações e mudanças arquitetônicas. O local histórico lança luz sobre a antiga arquitetura e cultura islâmica daquele período.

Planeje sua visita à Mesquita de Córdoba

Por que a Grande Mesquita de Córdoba é tão famosa?

Construída em uma cidade que é uma expressão viva da existência de diferentes culturas, formando um ambiente vibrante e colorido, a Mezquita de Córdoba, ou Grande Mesquita de Córdoba, é uma estrutura histórica que destaca um patrimônio arquitetônico e cultural único e uma realização. É uma estrutura arquitetônica única que guarda traços de sua herança e estilo arquitetônico islâmico no ocidente, desempenhando um papel influente na arte islâmica ocidental. A combinação cultural resultou em um híbrido arquitetônico onde elementos da arquitetura religiosa islâmica do oriente coexistem com as culturas cristãs do ocidente.

Onde fica a Catedral Mesquita de Córdoba?

Localização Grande Mesquita de Córdoba

Endereço: C. Cardenal Herrero, 1, 14003 Córdoba, Espanha

A Mezquita de Córdoba, ou Grande Mesquita de Córdoba, está localizada no centro histórico da cidade de Córdoba, na Espanha. O local onde se encontra atualmente a Mesquita de Córdoba tem sido um local religioso para muçulmanos e cristãos, e foi intercambiado entre as duas religiões. Antes da chegada dos mouros, neste local que foi construída a igreja de San Vicente, posteriormente convertida na Grande Mesquita de Córdoba, em 785. Ela foi novamente convertida em uma Catedral em 1236.

As linhas de ônibus 3 e 12 são o meio de transporte preferido para a Mezquita de Córdoba. Se você estiver na cidade também pode pegar um táxi, pois a Grande Mesquita de Córdoba fica a 110,9 km do aeroporto de Sevilha (SVQ), ou 2 horas de carro.

Visite a Grande Mesquita de Córdoba

Quem construiu a Grande Mesquita de Córdoba?

Em 785, conforme as ordens do Abd ar-Rahman I, a Grande Mesquita de Córdoba foi construída, com obras de expansão posteriores sendo realizadas por seus descendentes e sucessores. Mas, como parte da Reconquista, na captura de Córdoba pelo rei Fernando III de Castela, a Mesquita foi convertida em uma Catedral. Logo, ela sofreu pequenas alterações até o final do século XV, seguidas de grandes alterações até o século XVIII.

Leia mais sobre a origem da Mesquita de Córdoba.

O que ver na Mesquita de Córdoba?

Sobre a Mesquita de Córdoba - O que ver

A Mesquita de Córdoba é um exemplo de mistura de cultura e arquitetura do leste e do oeste. Seu projeto arquitetônico tem formas de arte islâmica uniformemente misturadas com elementos cristãos.

As escolhas arquitetônicas como os arcos duplos, o arco em ferradura com um arco semi-circular sobre ele, desenhos com tijolos e pedras vermelhas, são alguns dos elementos arquitetônicos chave mundialmente famosos.

A torre sineira, o Patio de los Naranjos, Mirabe e o Salão de Oração são alguns dos principais destaques com obras de arte e arquitetura surpreendentes. O Pátio de Laranjeiras serve como uma entrada para a mesquita com um pátio com árvores e fontes florescentes. A torre sineira da Mesquita de Córdoba, com 54m de altura, proporciona uma vista impressionante da cidade.

História da Grande Mesquita de Córdoba

A mesquita foi construída em 785 d.C. durante o reinado de Abd ar-Rahman I, que governou a região de Al-Andalus, sendo a capital Córdoba. A mesquita enfrentou inúmeras obras de expansão até o final do século X até que o rei Fernando III de Castela capturou Córdoba. Esta mudança na situação política foi seguida pela conversão da mesquita em uma catedral, em 1236. Apesar da mudança, apenas algumas pequenas alterações foram feitas até o século 16.  Mais tarde, em 1984, foi declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO, o que levou ao início de inúmeros projetos de renovação e preservação.

Breve cronograma da Mesquita-Catedral de Córdoba

  • 785: Ano de Origem da Mesquita. Uma capela muçulmana foi construída com uma planta de uma basílica. Foi construída sob as ordens de Abd ar-Rahman I quando Córdoba era a capital da região controlada pelos muçulmanos de Al-Andalus.
  • 1146: Primeira Dedicação da Catedral. O rei Alfonso VII celebrou a Santa Missa na mesquita com o arcebispo de Toledo, Dom Raimundo.
  • 1236: Córdoba foi conquistada pelo rei Fernando III de Castela. A cidade foi capturada pelas forças cristãs de Castela durante a Reconquista.
  • 1236: Segunda Dedicação como Igreja Católica. Com a captura de Córdoba pelas forças cristãs, a mesquita foi convertida em uma Igreja Católica.
  • 1882: Declaração como Monumento Nacional Histórico-Artístico. Durante o período de restaurações modernas para preservar os elementos da mesquita e da catedral, a Mesquita-Catedral de Córdoba foi declarada Monumento Nacional.
  • 1984: Declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. O status foi estendido a todo o centro histórico de Córdoba em 1994.

Saiba mais sobre a história da Mesquita de Córdoba.

Grande Mesquita de Córdoba: Arquitetura e Design

A Mezquita de Córdoba, ou Grande Mesquita de Córdoba, tinha uma construção em formato de quadrado durante sua origem, com um salão de oração coberto e um pátio externo. Sua coleção de mais de 500 colunas das ruínas romanas e visigodos, com dois níveis de arcos ligando-os no teto, era uma característica distintiva. As colunas tinham um desenho em forma de ferradura na parte inferior e uma estrutura semi-redonda na parte superior. Seu design único e materiais especiais ajudam a complementar a atmosfera arejada criada pelos arcos alternados de vermelho e branco e conferem uma sensação de floresta infinita no enorme salão de oração.

Este desenho especial conferiu ao local uma sensação de espaço infinito, graças a seu desenho de fileiras e filas de colunas, sendo um forte contraste com os desenhos das catedrais medievais. A inserção de uma nave catedral durante o século XVI, durante a conversão e as obras para transformar a mesquita em catedral, rompe a sensação de uniformidade com o trabalho de arquitetura, que de outra forma seria uniforme. Mesmo com uma superfície apenas secundária à da Santa Mesquita de Meca, o projeto da estrutura sai da tradição habitual da mesquita islâmica de várias maneiras, principalmente pelo fato de que ela não enfrenta a Santa Meca.

No entanto, a arquitetura e o projeto da Grande Mesquita de Córdoba possuem características como o arco duplo, que ainda é considerado uma maravilha arquitetônica e é estudado como um avanço técnico e estético, lançando luz sobre o desenvolvimento da arquitetura islâmica na época.

Do século XIX ao século XXI, foram realizados numerosos projetos de restauração, que desvendaram o antigo altar da antiga Capela, restauraram os mosaicos islâmicos do mirabe e descobriram a estrutura original da Mesquita-Catedral.

Saiba mais sobre a arquitetura e design da Mesquita de Córdoba.

Lendas da Grande Mesquita de Córdoba

  • Diz-se que o Abderramã decidiu construir a mesquita depois de ter tido uma visão angélica. Segundo a Lenda do Anjo, enquanto dormia no Palácio al-Rusafa, ele viu um anjo aparecer e lhe perguntou o que ele havia feito por Alá em troca das coisas que havia recebido. Por causa disso, ele decidiu construir a mesquita para Deus.
  • Segundo as lendas, diz-se que a Fonte de Santa Maria tem propriedades mágicas que ajudam as mulheres solteiras a se casarem.
  • De acordo com a Lenda do Boi, diz-se que a escultura do boi junto ao púlpito do Altar Principal, foi construída na memória de um boi branco que se agarrou a sua vida até transportar a última das colunas, desempenhando assim um papel fundamental na construção da mesquita.
  • Embora não tenha havido evidências para esclarecer o rumor, acredita-se que exista uma passagem subterrânea oculta que liga a cidade de Medina Azahara com a Grande Mesquita de Córdoba.

Fatos sobre a Grande Mesquita de Córdoba

Mesquita de Córdoba
  • Durante o reinado do Rei Carlos V, ele construiu a Capilla Mayor, uma nave catedral na Mesquita, o que se diz ter virado um arrependimento mais tarde, pois ele considerou que a adição acabou arruinando algo único.
  • Uma sala de oração ou Mirabe de uma mesquita deve estar virada para sudeste, em direção a Meca. Mas, como a Mesquita de Damasco, o Mirabe da Grande Mesquita de Córdoba está voltado para o sul.
  • Os arcos únicos da Mesquita de Córdoba são apoiados por 856 pilares de granito e mármore, que foram transportados das ruínas romanas e visigóticas.
Como adquirir ingressos para a Grande Mesquita de Córdoba?
Você pode comprar seus ingressos para a Mesquita de Córdoba on-line, pois é a maneira mais prática de ter acesso ao local. A compra de seus ingressos on-line ajuda a economizar tempo e dinheiro, pois você pode evitar as filas e comprar ingressos com antecedência enquanto desfruta de incríveis ofertas e descontos.

Ingressos Mesquita de Córdoba com Acesso Rápido

Ingressos eletrônicos
Confirmação imediata
Cancelamento gratuito
Mais detalhes +

Visita Mesquita de Córdoba Guiada com Entrada Prioritária

Ingressos eletrônicos
Confirmação imediata
Duração: 1 h
Cancelamento gratuito
Mais detalhes +

Visita Guiada da Mesquita de Córdoba e Quarteirão Judeu

Ingressos eletrônicos
Confirmação imediata
Cancelamento gratuito
Mais detalhes +

Visita Guiada Mesquita de Córdoba sem Filas, Quarteirão Judeu e Alcázar

Ingressos eletrônicos
Confirmação imediata
Cancelamento gratuito
Mais detalhes +

Saiba antes de visitar a Grande Mesquita de Córdoba

Quais são os outros nomes da Grande Mesquita de Córdoba?

A Grande Mesquita de Córdoba é comumente conhecida como a Mesquita de Córdoba ou Mezquita de Córdoba. Também é conhecida como a Catedral-Mesquita de Córdoba.

Quando foi construída a Grande Mesquita de Córdoba?

A Grande Mesquita de Córdoba foi originalmente construída em 785 d.C. durante o reinado de Abd ar-Rahman I e foi convertida em uma catedral em 1236.

Por que a Grande Mesquita de Córdoba é tão famosa?

A Grande Mesquita de Córdoba é um Patrimônio Mundial da UNESCO que foi originalmente uma mesquita e mais tarde foi convertida em uma catedral, tendo assim uma importância histórica e exibindo tanto as formas de arte cultural quanto arquitetônica.

Quando a Grande Mesquita de Córdoba foi convertida em uma catedral?

Depois que Córdoba foi capturada pelo rei Fernando III de Castela, a Grande Mesquita de Córdoba foi convertida em uma catedral em 1236.

Os ingressos para a Grande Mesquita de Córdoba estão disponíveis on-line?

Sim, os bilhetes para a Grande Mesquita de Córdoba estão disponíveis on-line.

A que distância está a Grande Mesquita de Córdoba do aeroporto?

Leva cerca de duas horas para se dirigir do aeroporto de Córdoba até a Grande Mesquita de Córdoba.

Vale a pena visitar a Grande Mesquita de Córdoba?

A Grande Mesquita de Córdoba tem um significado histórico crucial, pois é um exemplo permanente da presença do Islã no Ocidente. Além disso, ela é um exemplo de bela mistura de duas religiões, sua cultura, arte e arquitetura. Isto faz com que este patrimônio mundial da UNESCO mereça uma visita.